23 de dez de 2005

Que bom...

Afinal, Natal é...

Será que hoje em dia as pessoas estão cultivando o dia 25 de dezembro verdadeiramente como ele é ou deveria ser? O espírito natalino foi modificado pelos seres humanos por seus atos e eles mesmos não perceberam ou nem se deram conta. O "cara lá de cima" deve pensar:

- Se hoje é comemorado o dia do meu nascimento, quem é esse cara de roupa vermelha, botas pretas e barba branca que faz a alegria das crianças toda vez que aparece? Não deveria ser eu entrando nas casas e iluminando os sonhos e esperanças das pessoas? E, se é meu aniversário, não seriam meus todos esses presentes? É, as pessoinhas da Terra têm um poder de mudar as coisas que nem elas sabem.

Infelizmente, o Natal se resume em compras (é só entrar em um shopping e perceber a correrias das pessoas nas lojas) ou mesmo em um dia de folga para um trabalhador ou de muita trabalheira para várias empregadas domésticas em suas cozinhas. Claro que tudo tem seu lado bom. Quem é que não gosta de ganhar presentes, ver aquela mesa farta na hora da ceia? Afinal, fizemos disto o nosso Natal.

Por isso, nesse Natal, olhe para o próximo, doe um presente a uma criança carente que não tem metade do que falei nesse texto. Na ceia, lembre do "cara lá de cima", que nos proporcionou este momento de alegria com nossas famílias e amigos. Agora parte de você, que está lendo esse texto, definir o real significado do Natal. Mas pense com carinho e muito amor no coração, hein...

Ah!!!! Claro - um Feliz Natal!

Janaína Pereira, 16 anos, cursa o Ensino Médio na Escola Santa Rosa de Lima, em Porto Alegre, e é integrante do atual Povo do Patrola

P.S.: Não conheço a menina que escreveu essa redação (publicada hoje no caderno Patrola da Zero Hora, dia 23.12.05), mas amei saber que não sou só eu que penso dessa forma. Como vocês podem ver eu havia postado há alguns dias um texto semelhante, com a mesma idéia ao menos. A minha esperança de um Natal mais significativo diante dos olhos dos jovens está aumentando.

Bom Natal pra todos. Nesse dia tão especial esqueçam todos os seus problemas e tentem aproveitar ao máximo com as pessoas que são muito importantes pra você! Não se estressem por bobagens e deixem que as pessoas tenham a liberdade de se divertirem da forma que quiserem. Crianças bagunçando, correndo e gritando. Velhinhos com suas manias. E até seus pais com assuntos de gente grande! Tudo de bom!

Um comentário:

  1. É bom mesmo ver que, embora minoria, tem gente que consegue enxergar as entrelinhas da realidade... Feliz Natal Tassia!

    ResponderExcluir

Feedbacks sinceros me interessam. Go ahead!