3 de fev de 2006

Amor de Pai!

Bom, antes eu havia falado do amor da mãe pelo filho. Desculpem se fui um pouco raivosa, mas é que tenho motivos pessoais. Mas vamos agora ao amor do pai pela filha.

Os pais agem assim como as mães com os filhos. Superprotegem. E assim como as mães têm ciúmes do filho com uma menina, os pais também têm ciúmes da filha com um menino, mas com uma intensidade muito maior. E eu entendo o porquê. Deve ser triste pra um pai deixar a filha, a princesinha, nas mãos de um garoto, que até que prove o contrário, não passa de um malandro que só quer traçar a garotinha dele. E é por isso que os meninos têm que dispensar um esforço dobrado pra provar que amam a menininha do papai. Até porque, cá entre nós, meninas galinhas e canalhas que namoram, é difícil heim!

Eu compreendo tudo isso sim, mas os pais também erram quanto a educação das meninas. Afinal, o ciúme deles não pode permitir que eles privem a menina de crescer. Aí é que está a diferença entre pais e mães. Os pais privam por ciúme e segurança, e a mãe por mimo mesmo.

O mundo tá violento? Tá. Mas daí a não deixar a menina sair se divertir são outros 500. Os pais não podem impedir que a filha faça o que as outras meninas fazem. Elas precisam enfrentar os perigos do mundo e evoluir junto com as outras. Não adianta não permitir que a filha vá à uma festa usando como pretexto os perigos da noite. Isso não vai evitar que ela saia mesmo que escondido. E vai um aviso pros pais mais bobinhos. Quanto mais vocês proibirem sua garotinha de fazer as coisas, mais ela vai fazer sem que vocês saibam. Portanto, é mais lucrativo que vocês façam com que sua filha tenha um respeito grande por vocês a ponto de jamais trair sua confiança. Afinal, medo ela pode ter, mas a vontade de ser igual as outras é maior que esse medo!

Lógico que isso também pode ocorrer entre mães e filhas e pais e filhos, mas daí o ciúme já não é, na maioria dos casos, a causa da superproteção, mas sim a insegurança e o temor pelos filhos. Acredito que os pais devem continuar cuidando e protegendo seus filhos, mas evitem excessos, afinal, não esqueçam que seus filhos não são bonecos feitos pra vocês, e sim pessoas feitas pro mundo!

3 comentários:

  1. oies qrida

    o teu texto eh maravilhoso, suave, bom de ler e que nos leva a pensar, a criticar, a sair batendo panela por ai....
    teu nivel de maturidade na escrita eh incrível...bom mesmo....vc tinha q ter uma coluna num jornal p/ escrever isso....sem duvida daria lavada em mtos q se dizem bons jornalistas...

    virei fã e retornarei sempre aki...
    li mtos dos teus textos e achei JOIA! (to meio nostálgica-anos-80, por isso do JOIA...)

    ahhh...sobre Narnia: como vc jah sabe, são 7 livros, escritos entre 1949 e 1955 (se eu não me engano)...logo, serão no máximo 7 filmes..
    eles pensaram em "enxutar" (por assim dizer) e juntar mais de um livro em um filme....experiência de quem jah leu os 7: tem q fazer um filme p/ cada um...cada um eh uma trama diferente e de vez em quando com personagens diferentes! bom mesmo...dificil d enjoar!

    ahh...valeu pelo comentário no meu blog!
    devemos procurar uma editora...

    bjoks

    ResponderExcluir
  2. curti o texto! me identifiquei afu!

    ResponderExcluir
  3. tassiammm!
    muito legal o blog e os teus textos!
    tri interessantes mesmo!
    legal!
    :)
    espero ums composicoes aqui tambem!
    -perdao a falta de acentos, teclado desconigurado-

    Beijao!

    ResponderExcluir

Feedbacks sinceros me interessam. Go ahead!