Pular para o conteúdo principal

Eterna menininha do Papai!


- Se comporta!
- Não esquece que tudo tem sua hora!
- Olha lá o que tu vai fazer!
- Eu confio em ti!

Essas são frases clássicas dos pais, e das mães principalmente, (pelo fato de elas terem mais diálogo com as filhas), na hora de deixar a "princesinha" sair com o namorado, ir dormir na casa dele, viajar com ele, enfim, tudo que a mantenha perto dele e longe de seus olhos. Nossas pais já foram adolescentes e portanto, sabem que adolescente "não é flor que se cheire". Tudo que os adolescentes de hoje aprontam eles já aprontaram quando tinham sua idade. Sendo assim, os pais sabem muitas das artimanhas utilizadas pelos jovens para mentir, diferente do que muitos jovens que acham que são bem mais espertos pensam. Eles se preocupam com as mentiras que os filhos contam na medida em que reconhecem que no tempo delas as mentiras eram talvez, bem mais "cabeludas". Podemos concordar que esse medo que nossos pais têm das nossas mentiras tem fundamento em determinados momentos. Saber com quem o filho anda e onde anda é sempre necessário. Afinal, se o filho mente e acontece algo grave com ele como localizá-lo? Sem falar que o medo envolve o uso de drogas, a violência das madrugadas de festas e os acidentes causados por alcoolismo. Nesse caso toda precaução é pouca. Porém o "medo" que muitos pais têm é quase inexplicável. O medo que eles tem de que a filhinha querida saia com o namorado em início de namoro tem outro nome: sexo. Eles sempre vão achar que a filha é virgem , mesmo que não seja mais, pelo fato de que ela ainda é jovem, mesmo com uns 18 anos. Sempre vão achar que é cedo demais. Sempre vão achar que ela pode se arrepender. Se deixar são capazes de dizer que o melhor seria só depois do casamento. Sempre vão achar que a filha é desinformada e imatura. O pai então, se pudesse transformaria a filha numa freira. Isso porque o pai é muito ciumento e demora para se acostumar a dividir a sua menininha, e talvez nunca se acostume, só finja que se acostumou para vê-la feliz. Podemos dizer que esse medo é patético sim. Afinal, quem são os pais para dizerem que ainda é cedo quando nem se quer deram o exemplo. Quando tiveram seus filhos, agora vítimas, no auge de sua juventude, como era comum há pouco tempo atrás. Obviamente que o medo que os pais têm também leva em consideração DSTs e gravidez precoce, que ainda ocorre muito em lugares da sociedade desinformados. Mas a questão é que os pais não devem temer por seus filhos. Eles tem que ter consciência de que desde os treze anos de idade seus filhos já ouviam falar em aids e camisinha em tudo que é lugar e que são muito mais informados do que pensam Eles tem que ter a noção de que cedo ou tarde a filhinha querida do papai vai deixar de ser uma menininha e crescer. Vai entrar na faculdade, trabalhar, namorar, transar, casar, ter filhos, enfim vai amadurecer! Se eles cometeram algum erro no passado , com certeza aprenderam com ele, mas não podem impedir que seus filhos errem pra acertar. Mas não se preocupem, não tenham duvida de que seus filhos mesmo que sem os dizer aprenderam com os erros de vocês sendo apenas telespectadores e que não vão querer errar como vocês. Eles pensam mais no futuro. Mas não há o que temer. Se fosse algo ruim aí sim deveríamos temer.
PS: Sorte minha que não tive pais assim, pelo contrário, nunca imaginei que meus pais fossem tão modernos e liberais! Hehe...mas escrevi este texto especialmente pra uma amiga que sabe muito bem do que tô falando! Calma, cada pai com sua mania! hehe

Comentários

  1. ah pois é....
    mesmo sendo um assunto, digamos, natural, esse é um tema beeem complicado com quem não tem pais compreensíveis! eu tbm dou graças a Deus pelos meus pais. tive até que entrar na comunidade "o coroa tem a base" no orkut...
    nesse mundo, todo mundo cresce, até os filhos!

    bem legal o teu blog, ainda não olhei muito pq to esperando a CWA libera o meu trabalho né... mas pelo que eu vi, ta bem legal. ah, eu quero uma crítica do filme que eu te falei hein iuhauuauaiuha

    bjus

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Feedbacks sinceros me interessam. Go ahead!

Postagens mais visitadas deste blog

O tempo passa, o tempo voa...

"Não deixe nada pra depois, não deixe o tempo passar. Não deixe nada pra semana que vem, porque semana que vem, pode nem chegar." A Pitty falou tudo né? Quem sabe o dia de amanhã? Deus? Talvez. Não sou exemplo de organização, mas sempre procuro diminuir ao máximo minhas pendências. Só durmo se estou caindo de sono mesmo. Pois se ainda sou capaz de pensar, ainda sou capaz de fazer o que tenho pra fazer. As olheiras que se danem. Nem as disfarço (tenho preguiça).

Carrego sempre comigo um bloquinho de notas (cafonérrimo, a propósito). Nele vão tarefas que tenho que cumprir, trabalhos a fazer, lembretes, dicas de filmes e livros que recebo e, acima de tudo, idéias, muitas idéias. Deixar pra depois faz com que eu fique sobrecarregada, me estresse e acabe desistindo de muitas coisas. Por isso, me dedico muito aos meus "deveres" que eu mesma me imponho e vou riscando eles do bloquinho conforme vou cumprindo-os. Posso ter preguiça de lavar louça, mas meus textos, trabalhos …

Entrevista: Carol Teixeira

LOUCA PELA VIDA
“Pessoas mesmo são os loucos, os que são loucos por viver, loucos por falar, loucos por serem salvos (...)”. Essa é uma parte de um poema de Jack Kerouac que Carol Teixeira tem estampado na parede de sua sala. É outra maneira que Carol encontrou de transbordar, como se não bastassem as frases tatuadas em seu corpo, escritas em seu blog e em seus livros. Carol é assim, transparente. Seu corpo, seu jeito, sua casa, seus livros, tudo é ela. A escritora e filósofa de 28 anos é autora dos livros “De Abismos e Vertigens” e “Verdades & Mentiras”. É colunista da Cool Magazine e dos sites http://www.lpm.com.br/ e http://www.queb.com.br/ e editora da nova Revista do Beco. Já escreveu peças de teatro, fez programas de rádio, participou de um reallity show, viajou pelo mundo, foi dona de bar, ama a noite, Nietzche, Caio Fernando Abreu, Fred e, acima de tudo, a vida.
Tu já passaste por três cursos: Jornalismo, Direito e Filosofia. Desististe dos dois primeiros seguindo firme com…

Textos para Capricho (2 em 1)

Moda verão...qual a tendência de corpo pra próxima estação?O verão vem chegando e a as academias vão superlotando. Dois meses antes de ir pra praia, guris e gurias vão em busca do corpo perfeito. Meio difícil, pois o corpo perfeito não se atinge em dois meses e, às vezes, nem em anos. Talvez com muito silicone, suplemento, musculação e principalmente dedicação, mas não da noite pro dia. Isso se a moda for ser bombado (a) ou saradérrimo(a), é claro.Cuidado, o conceito de corpo perfeito varia em média a cada cinco anos. Não é só roupa que vira tendência, corpo também. Que tal se um ano após colocar seu silicone a moda vira seios pequenos, como nos tempos em que Cláudia Raia, Adriane Galisteu e Carolina Ferraz eram as tops? Nada muito improvável, afinal, no ano das mulheres samambaias, frutas e por aí vai, gostosas como Juliana Paes e Débora Secco estão investindo na próxima tendência: ser magérrima. Atualmente, estão pesando em torno de 47, 50 quilos. Corpo e moda tem tudo a ver. Ningué…