29 de set de 2006

DEBATE

Ontem, dia 28 de setembro de 2006, foi um dia histórico para a política brasileira. Foi o dia do debate entre os candidatos à Presidência da República para o ano de 2007. O debate aconteceu às 22h30min na Rede Globo de Televisão, tendo como mediador o jornalista Wilian Bonner. Teve a presença do Candidato Geraldo Alckmin (PSDB), Cristovam Buarque (PDT) e Heloisa Helena (P-Sol). E, conforme o esperado, o atual presidente não compareceu. Mandou uma carta às 19h para a emissora avisando que não estaria presente no debate, pois não queria presenciar uma arena de grosserias e agressões.


O debate foi tranquilo. Afinal, o alvo principal dos três candidatos presentes não compareceu. Lula não teve coragem de enfrentar os adversários diante da sua incapacidade de responder a todas as acusações ao seu governo. Sua cadeira permaneceu vazia no cenário. E os três candidatos, conforme as regras, puderam dirigir cada um uma única pergunta ao candidato ausente. E esse logicamente não teve o direito de resposta.

PERSONAGENS

Heloisa Helena é uma mulher de pulso firme. Ela tem garra e força de vontade. Pelo menos é isso que ela aparenta ter ao falar sem pensar e sem parar. Porém, pessoalmente, acho que ela não tem postura para ser uma presidenta. E já basta o Lula pra fazer nós pagarmos micos por aí afora. Eu não quero uma presidenta que faça escândalos ao invés de fazer o que tem que ser feito. Não adianta falar, tem que fazer. Todo mundo sabe disso. Eu acredito que ela seria uma mulher essencial no governo, porém dentro de uma outra pasta, como ministra, por exemplo. M
as não sentada no trono do Palácio da Alvorada.


Cristóvam Buarque é um homem admirável. Ele aparenta veracidade. Ele é um cara sonhador, talvez até utópico, afinal, é o único que propõe uma revolução tendo como bandeira a Educação. Ele acredita nele mesmo. Ele seria um Ministro da Educação como jamais tivera em toda a história do país.

Alckmin é um homem que sabe do que está falando. Ele tem coerência no que fala, apesar de cometer algumas gafes, como a do esgoto. Ele é um homem inteligente e parece querer melhor nossa situação, mas infelizmente isso não basta. Porém antes Alckmin do que o molusco do Lula!

UM DEBATE POBRE

O debate foi pobre em alguns sentidos. Pobre porque não teve o "Lula lá". Pobre porque os candidatos não sabiam fazer perguntas. Eles aproveitavam o pouco tempo que tinham para falar tudo que queria e quando o tempo já estava praticamente acabado faziam a mesma pergunta para encher linguiça, tal como: "Quais são suas propostas em relação à isso?" Talvez isso se deva a ausência de Lula, pois ceertamente é ele quem mais tem perguntas a responder.

O PIOR DE TUDO...

...é que mesmo diante da falta de respeito do presidente com o eleitorado o povo e alguns jornalistas que repudio, ainda achem que ele estava certo e vote nele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feedbacks sinceros me interessam. Go ahead!