3 de out de 2006


"Vácuo"

Hoje presenciei uma situação pela qual já passei diversas vezes, admito. Ela poderia não ter acontecido se eu tivesse me solidarizado e, portanto, me manifestado. Mas, propositalmente não agi de tal maneira só pra ver outra pessoa na mesma situação em que já estive. Maldade? Não, curiosidade. A tal situação era: falar com as paredes. Ou como é popularmente conhecida: ficar no vácuo.


Meu amigo foi comentar sobre uma notícia, não nego, interessante, porém, ninguém correspondeu ao comentário, deixando-o no vácuo. Sendo assim, não aceitando a condição de ignorado ele recorreu a uma única pessoa: - Viu isso, Fulana?. Não ouvi sua resposta. Só espero que ela não tenho o "cortado", porque é uma sensação horrível falar com as paredes. Mas a estratégia de escape dele foi boa. Vou começar a usá-la, ou melhor, não vou falar pra todos, vou falar pra uma única pessoa de cada vez. É mais garantido!

Um comentário:

  1. descobriste a tática anti-vácuo então?! por isso que eu sempre falo as coisas pra natália, ela sempre me ouve, querida ela!!! se alguém mais me ouvir, é lucro

    beijo

    ResponderExcluir

Feedbacks sinceros me interessam. Go ahead!