Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2007
Azar o seu. Afinal, eles não cansam nunca. Não é que a palhaçada chegou no Rio Grande do Sul também. Lamento informar pra quem não sabe ainda, mas o sistema de cotas foi aprovado. Sendo assim, nossos ensinos públicos ficarão deficientes para sempre. SEMPRE, isso mesmo, pois agora sim, com a implementação das cotas, é que não vão ajeitar essa baderna nunca. Vão se acomodar como é normal. E os negros vão sofrer mais discriminação do que de costume e tirar o lugar de outros que estudaram, às vezes, até anos, para entrar na UFRGS por mérito acadêmico, independente de cor. Juro por Deus que não sou racista, por sinal tenho horror a racismo, mas sou realista né? Cotas é foda e tem muitos negros que concordam, é só ver um dos caras que fez parte da comissão julgadora de cotas nas escolas norte-americanas, que era negro, e CONTRA as cotas raciais. Parábens UFRGS, você conseguiu perder o meu respeito como estudante, se é que isso importa! Falando em palhaçada. Fica aqui mais um protesto! Viva ao …
Será uma armadilha? (Cotas - frases racistas)

"Negro, só se for na cozinha do RU". "Voltem para a senzala". Essas foram as frases racistas pichadas em torno do campus central da UFRGS.

Na maior parte dos jornais que leio e assisto, essas frases estão sendo atribuídas à uma parcela racista que é contra a implementação de cotas raciais na UFRGS. Discordo.

Pensem comigo. Essas pessoas que são contra a implementação de cotas raciais seriam tão burras a ponto de favorecer ainda mais a implementação das cotas pichando frases racistas? Afinal, é lógico que muitas pessoas que estavam em cima do muro, depois de lerem as frases, ficariam a favor das cotas, pois perceberiam que, infelizmente, ainda há muito racismo no país.

Sendo assim, pra mim quem escreveu essas frases, certamente, faz parte do grupo que é a favor das cotas, pois eles, mais espertos, com certeza já pensaram nisso tudo que falei acima. Eles perceberam que a coisa tava ficando ruim pro lado deles, que tinha mui…
Nós, torcedores do Grêmio, estamos de parabéns. Mostramos ao mundo o que é ser torcedor de verdade. Torcedor é aquele que fica ao lado do seu time nos bons e maus momentos, como sempre fizemos. Revelamos nosso amor e apoio incondicional ao nosso Tricolor. A torcida mais apaixonada do Brasil mostrou que estará com o Grêmio onde o Grêmio estiver.

Não deixamos de apoiar nosso time nunca, pois somos Imortais. E Imortal não significa que venceremos sempre, mas que mesmo que soframos uma queda, iremos levantar. Somos um exemplo de superação. Não conseguimos conquistar o Tri campeonato da América, reconhecemos a qualidade do adversário e não desmerecemos sua vitória. Entretanto, mesmo diante de derrotas indesejadas continuamos superando adversários em muitos aspectos. Temos uma história que não nos deixa mentir jamais. Somos Campeões Mundiais, Bi-Campeões da Libertadores, Campeões da Recopa Sul-Americana, Bi-Campeões Brasileiros, Tetra Campeões da Copa do Brasil e atuais Campeões Gaúchos.

Pass…
A chance que faltava pra entrar na UFRGS

Está para ser votada a proposta elaborada por Celi Pinto, coordenadora da Comissão Especial para Implementação de Ações Afirmativas da UFRGS, na qual 40% das vagas do vestibular da universidade seriam destinadas a cotistas. Se a proposta for aprovada, a partir do próximo vestibular os cotistas já terão direito a 20% das vagas, sendo 10% para afro-brasileiros e 10% para alunos do ensino público. Particularmente, sou totalmente contra a proposta de cotas para alunos negros e a favor das cotas para alunos egressos de escolas públicas.

Minha oposição às cotas destinadas a negros se dá devido à impossibilidade de definir raça no Brasil e à desvalorização do mérito pessoal. Não há como definir com precisão a raça de qualquer brasileiro. O país é formado pela miscigenação racial há anos, fazendo com que negros tenham antepassados brancos, assim como brancos tenham antepassados negros. Conforme um estudo da Universidade Federal de Minas Gerais, publicado…

ALUNOS DE JORNALISMO DO IPA PROTESTAM CONTRA A COORDENAÇÃO DO CURSO

ALUNOS DE JORNALISMO DO IPA PROTESTAM CONTRA A COORDENAÇÃO DO CURSO

Na noite desta terça-feira (5), estudantes de Jornalismo do 2º semestre/noite (Jon21), do Centro Universitário Metodista IPA realizaram um protesto contra a desorganização do curso e a falta de respeito da coordenação com a turma. A ênfase do ato foi a não-publicação do jornal, que foi produzido e diagramado pela turma, cujas notícias já estão defasadas em função do atraso em sua impressão. Além disso, os alunos reivindicaram providências em relação as aulas de Planejamento Gráfico e Editorial II, já que está acabando o semestre e ainda não tiveram aulasapráticas de diagramação, objetivo da disciplina.

A coordenação do curso alegou que o atraso na impressão se deu devido à falta de verbas, sendo que no dia da manifestação foi distribuído o jornal institucional IPA Notícias, no qual eram ressaltados os investimentos feitos em infra-estrutura. Isso gerou um descontentamento entre os alunos que não entenderam da onde surg…