Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2007

POLÍTICA JOVEM

Natal de faz de conta

Faz tempo que não escrevo nada sobre o Natal. Meu primeiro e último post foi em 2005, mais precisamente no dia 15/12. Hoje volto ao assunto, pois acho que vale a pena reforçar alguns tópicos importantes que, na maioria das vezes, são esquecidos.

Muitos que conhecem meu temperamento e meu posicionamento sabem o quanto acho fúteis as comemorações que fazemos em certas datas, principalmente as ligadas à religião. Isso porque, a verdadeira finalidade das comemorações é esquecida por todos quando mais deveria ser lembrada. O Natal é o maior exemplo disso. É o dia do nascimento de Jesus Cristo. Mas quem se importa com isso? Poucos. Não sou adepta de nenhuma religião, mas tenho fé e respeito por Deus. Reproduzo aqui o trecho do meu post de 2005: "O que me irrita é saber que ao encher a casa de coisinhas bonitinhas com o rosto do bom velhinho, as pessoas esquecem que o que estamos comemorando nesse dia não é apenas a troca de presentes, a união da família e a vinda do bom velhinho. Meu De…

Os últimos serão os primeiros

Duvida? Então olha só como a afirmação é verdadeira. Seguem abaixo alguns exemplos.

Os últimos a subir no ônibus, serão os primeiros a ficar de pé.
Os últimos da sala de aula, serão os primeiros a repetir de ano.
Os últimos a sentarem na mesa, serão os primeiros a comerem comida fria.
Os últimos a sair da mesa, serão os primeiros a ir ao banheiro.
Os últimos a acordarem, serão os primeiros a chegar no 2º período de aula.
Os últimos a rir, serão os primeiros a pedir pra repetir a piada.
Os últimos na tabela do brasileirão, podem ser os primeiros a cair pra série B.
Os últimos a receber o salário, serão os primeiros a ficar endividados.
Os últimos a pagar a conta, serão os primeiros a pagar os juros.
Os últimos a chegar no banco, serão os primeiros a perder a viagem.
Os últimos a chegar no trabalho, serão os primeiros a tomar bronca do chefe.
Os últimos na maioria das coisas, serão os primeiros a reclamar.
Os últimos... ah que me desculpe São Mateus, mas os últimos serão os desclassificados, sempre.…