Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2008

Aqui se faz, mas nem sempre se paga...

Sabe aquela música que você ouviu na rádio e curtiu? Que tal baixar ela pro seu computador em minutos, ao invés de gastar tempo e dinheiro indo até uma loja comprar o CD? E aquele filme que tá no cinema (ou nem chegou nos cinemas ainda)? Também tem na Internet.

Infelizmente, para músicos, produtores, diretores e demais envolvidos nessas produções artísticas, baixar gratuitamente músicas, filmes e derivados da Internet lhes tira muito dinheiro. E, felizmente, para nós consumidores, evita os gastos além do orçamento. Quem se dispõe a pagar R$ 15 por uma sessão de cinema quando consegue ter acesso a um filme por R$ 2,00 ou por nada? Quem se dispõe a pagar R$ 30 por um cd, quando pode ter no seu ipod várias músicas que não lhe custaram nada? Quem se dispõe a pagar R$ 50 por um livro quando pode baixá-lo?

Absolutamente, nada se compara a ter o produto de forma pálpavel, sem um teclado e um mouse para evitar a aproximação. Mas então, como fazer para agradar os dois lados, ou melhor, os dois b…

O 10º mandamento

"Furar o olho", na gíria adolescente, significa "pegar" a namorada do amigo ou o namorado da amiga. Não só namorado(a), ex-namorado(a) e ficante também podem ser incluídos na definição. O que eu penso sobre isso varia de acordo com o estágio da minha maturidade. Lembro que durante minha pré-adolescência, lá pelos meus 12, 13 anos, durante os verões, eu e mais algumas amigas tínhamos como regra básica a proibição de ficar com os guris que as outras gostavam. Acontecia de duas gurias gostarem do mesmo guri, mas aí, quando uma delas via que o interesse dele era pela outra, tirava o time de campo. Engraçado isso, pois nessa época mesmo que a Fulana gostasse do guri mais que a Sicrana, se ele estivesse interessado na Sicrana, a Fulana acabava dando o guri de bandeja e disfarçava dizendo que ele nem fazia mesmo o tipo dela. Tentar conquistar? Que nada! Perdeu, já era. Já na minha fase "adolescente sem noção", dos 15 aos 17 anos, não havia regras não. Até porque n…

Mais que um pai, um herói.

No Dia das Mães, eu havia prometido aqui no blog, que no Dia dos Pais eu postaria algo em homenagem ao meu. A data passou e eu não havia achado um tempinho pra cumprir o prometido. Mas, como finalmente esse tempo foi encontrado, cá estou eu pronta para falar do homem mais importante da minha vida. Um homem qualquer, um homem diferenciado; Um homem igual aos outros, um homem único; Um homem orgulhoso, um homem humilde; Um pai, meu pai.

Perto do Dia dos Pais eu vi uma propaganda dedicada à eles que continha o seguinte carro-chefe: "Nem todo pai é herói, mas todo pai é SUPER". É verdade, ao estilo americano, meu pai não é herói mesmo, afinal, ele não voa e nem tem super-poderes. Mas quer saber? Pra mim ele não é apenas SUPER, ele é HERÓI sim. E dos melhores.

Todo dia é a mesma rotina. Ele sai bem cedo de casa e vai trabalhar. Aposto que os dias de trabalho não são recompensadores. Raramente, qualquer brasileiro que seja é recompensado dignamente pelo seu trabalho. Após um dia ex…

Do lado esquerdo do peito...

Felizmente, o dinheiro não compra tudo, pois pelo que eu saiba, amizade não está à venda. Eu deveria dizer o mesmo dos relacionamentos amorosos, não é mesmo? Mas, infelizmente, já não posso afirmar com certeza se o dinheiro de tiozões e vovôs não compra o amor de jovens sem amor-próprio. Talvez nem mesmo essas espertas mulheres saibam o que é o amor, por isso acham que amam o homem por tudo que ele faz por ela (ou dá pra ela), mas, na verdade. amam o dinheiro dele.Pra variar estou fugindo do assunto. Então, voltemos.Amigo é aquele que mesmo que você não veja há tempos, continua ali, no mesmo lugar, do mesmo jeito, guardando o mesmo carinho por ti e te esperando pra quando você puder reencontrá-lo. Amigo que é amigo, é amigo sempre, não só nas horas boas, nem só nas ruins. Ele está ao seu lado como um anjo protetor, mesmo quando ele já partiu, e pensa em você sempre. Não lhe deseja mal, só felicidade. Te ama. E, amor de verdade, não tem preço. Amigo é seu pai. Amiga é sua mãe. Amigos s…

Eu e o Orkut. Uma história mal resolvida...

Quando nós terminamos nosso relacionamento, eu e o Orkut, confesso que não fiquei muito abalada. Nosso namoro durou pouco tempo e, portanto, nossos laços afetivos não eram tão fortes ainda. Além do mais, ele não era tão atraente e tentador como é hoje. É justamente devido à essa mudança dele que, admito, às vezes, tenho minhas recaídas. E como ele ainda sente atração por mim, com frequência rola aquele "remember". Entretanto, em certos momentos, eu me contenho e passo por ele fingindo que nem vi. Viro a cara, finjo indiferença. Isso porque sei que ele, apesar de sedutor, é traiçoeiro, falso e fingido.
Atualmente, somos apenas bons amigos. Ele sempre tem novidades pra me contar. Me atualiza sobre as fofocas de afetos e desafetos. Me previne contra possíveis furadas e enrolações pelas quais posso passar e por aí vai. E isso tudo, mesmo que eu não faça mais parte dele. Devido à nossa amizade, hoje percebo que, há quase quatro anos, quando acabamos, tomei a decisão certa. Ele er…

"Jogado aos seus pés, eu sou mesmo EXAGERADO.."

Pauta da vez: Amor obsessivo. Taí um assunto que não sai de moda. Mas pra falar dele não posso deixar de citar dois trechos de duas músicas que retratam muito bem esse tipo de amor, na minha opinião: "Te amar de mais só me fez mal, só me fez sofrer. Te quis tanto que nem quis viver pra mim. Era como um sonho te querer. Pra te ver feliz desenhei o mundo que você mais quis. Eu sofri demais, mas aprendi, que meu erro foi me dar demais assim.." e "Metade de mim te ama e te adora. Outra metade de mim precisa ir embora. Estou com medo de ser feliz outra vez porque dói, dói, ficar sem você aqui... Aí eu me afasto e tento me distrair, pensar noutra coisa pra não me trair, sair com você pela última vez. Como esquecer tudo que a gente fez?". Gosto das letras, pois elas retratam com fidelidade os muitos casos em que o amor gera mais lágrimas do que sorrisos. E, é devido à essas oscilações no relacionamento, que surge aquela dúvida crucial: É isso mesmo que planejei pra mim?
Si…

Livre, leve e solta...

Independência pra mim é ser LIVRE. Livre pra sonhar. Livre pra acreditar nos meus sonhos. Livre pra por eles lutar. Independência pra mim é ter CORAGEM. Coragem pra deixar tudo pra trás. Coragem pra arriscar. Coragem de querer sempre mais. Independência pra mim é ACREDITAR. Acreditar que é possível. Acreditar que meus sonhos me guiarão rumo à minha felicidade. Acreditar que eu consigo.

Independência é morar sozinha sem lamentar a solidão. É morar com uma amiga pra espantar o tédio. É morar com o namorado pra dividir o edredom. Ou morar com a família que você mesma construiu. Sozinha ou acompanhada, o que importa é ser dona do seu nariz, da sua casa (o que significa comprada por você e não pelos meus pais) e não depender financeiramente de ninguém. É aproveitar cada minuto, seja solteira, casada, com filhos ou sem. Até porque, pra ser independente, a mulher não precisa ser solteira, basta que ela não permita que as atividades familiares a dominem a ponto de ela não ter tempo pra si mesm…