12 de set de 2008

A chata existência dos chatos

Faz tempo que quero escrever sobre pessoas chatas, mas é meio difícil falar sobre elas. É que eu me irrito demais com pessoas chatas. Me irrito justamente porque elas são como são, chatas! Pior que isso, têm chatos que, muitas vezes, são legais e, portanto, você não pode ser estúpido com eles, pois se não, até nos momentos que eles deveriam ser legais, eles vão ser chatos. Complicado não?

Eu, que também devo ser chata pra algumas pessoas, não tolero determinadas chatices. Eu as engulo no osso. Muitas vezes, sou grossa, respondo, dou indiretas, ignoro. Mas o chato pós-graduado não percebe e continua me chateando. Vou dar um exemplo. Sou umas pessoa que detesta ser interrompida em qualquer circunstância (absolutamente qualquer circunstância). Não gosto de ser interrompida no banho, no telefone, quando escrevo, quando leio, quando trabalho e até quando não faço nada. Não gosto que me tirem o foco. Devo admitir que nesse sentido sou egoísta. Sempre acho que o que estou fazendo é mais interessante do que podem vir a me falar. Resumindo, seu eu não puxar papo é porque não tô a fim, porque se eu tiver afim de papo, eu mesma puxo! Iniciativa é o que não me falta. O problema é que só porque odeio interrupções e conversas estúpidas, elas sempre me perseguem. Maldita Lei de Murphy!

Ultimamente, tenho me empenhado em alguns métodos para evitar a epidemia de chatos. Virtualmente já encontrei uma solução. No meu Msn só entro offline. Se tiver algo de importante pra falar com alguém eu falo off só com aquela pessoa. Raramente fico online. Se fico, ou é por descuido ou porque tô a fim de falar com quase todos que estão ali. Decidi tomar essa medida drástica após a minha janelinha do msn apitar várias vezes fazendo aquele barulhinho irritante com pessoas me dando oi sem falar mais nada. No início, simplesmente desliguei as caixinhas de som. Mas não bastou. Aquela luz laranja piscando no rodapé do meu monitor me irritava. E quando eu queria que ela piscasse, adivinhem? Ela não piscava. Quando piscava, eram amigos que resumiam suas vidas a Msn, Orkut e etc, sem um próposito de vida que não fosse perder tempo na Internet. Mas eu tinha mais o que fazer. Tinha sites pra ler, textos pra escrever, trabalhos a fazer. Não tinha tempo pra ois, só para tchaus. Meu problema com o Msn acabou. Quando sinto falta dos meus amigos, eu ligo ou marco de encontrá-los.

O problema é que na vida real o negócio é mais complexo. Se eu falar pra senhora que está sentada no banco do lado do ônibus que não estou a fim de falar se vai chover hoje porque estou lendo um livro muito interessante, ela vai falar horrores dessa nova geração desbocada. Se eu falar pro meu colega que quero prestar atenção na aula, ele vai ficar de cara porque tô cortando ele. Se eu falar pra minha amiga que quero ouvir a rádio sem perder nenhuma notícia, idem. Se eu falar pro meu professor pra ele fazer silêncio enquanto escrevemos a redação e para dar os avisos depois, ixi, nem se fala.

Por que é tão difícil pras pessoas perceberem que estão atrapalhando? Eu juro que eu faço de tudo para notarem que só sou bem-humoarada quando eu quero. Mas não adianta. Eu ignoro, finjo que não ouvi, dou sorrisos amarelos, respondo com ahã, mas nada adianta. Por ainda são os tiozões que acham que são adolescentes e insistem em fazer piadinhas sem graça. Eles acham que ainda levam jeito para fazer piadinhas maliciosas ou tirar onda. Mas sempre soa cafona aos meus ouvidos, por mais engraçado que possa ser.

Minha amiga Jaya é que sempre esteve certa. Ela sempre falou na cara dura pras amigas dela quando elas estavam chatas. Incluindo eu. E então ela se afastava até as pessoas ficarem menos inconvenientes. Não quero ser uma pessoa arrogante ou estúpida, mas quero ter meus momentos de prazer a sós comigo mesma, preservados. Por que os chatos não aproveitam para fazer o mesmo?

Esse texto deve estar ficando chato né? Melhor eu ir andando antes que vocês também digam que eu falo demais...


P.S: Falando em inconveniente, olha que legal o que achei.

17 comentários:

  1. Pessoas chatas são tãão chatas!
    Pode ser até egoísmo sim, mas é mais do que justo! Td mundo merece os momentos a sós.

    ResponderExcluir
  2. Ahh, eu acho o Cauã muuito mala, nem sei explicar direito pq eu nãoi gosto dele, só não gosto.
    Dedos cabeludos são HORROROSOS!!!
    e a inspiração.. voltou siim..!
    Espero que ela continue aquii por um loongo tempo!!
    ^^

    ResponderExcluir
  3. Pessoas chatas não merecem nem ser descritas, quanto mais, escritas. Bjus e bfs.

    http://so-pensando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu sou chato de vez em quando, mas sou quase sempre legal. ISso é o que me dizem.

    Também odeio ser interrompido quando tô lendo livro. Se ficam falando merda, a unica coisa que faço é "aham", mas com os olhos voltados para o que eu tava fazendo.

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. chatise vixeee,
    conheço muita gentee asim auhuahahuahua
    mas procuro fica longee xd

    ResponderExcluir
  6. Ooiii

    Teem um Meme lá no meu Blog

    http://12kaelly.blogspot.com/

    Bjssssssss

    Mika

    ResponderExcluir
  7. auhsuahsua, não não foi chato não.
    sabe, é ralmente engraçado, as possoas podem estar importunando, sendo as mais chatas do universo mas por educação a maior parte dos importunados não dizem nada, e ouvem... e ai a pessoa fica mais chata ainda ;/

    beijinhos ;*

    ResponderExcluir
  8. Só pra avisar que tem selinho no meu blog pra vcc!

    bjO.!

    ResponderExcluir
  9. Olha eu sou bem tolerante sac? Gosto de dar corda p/ povo se enforcar, de fingir que me interesso e talz, afina, nunca sei quando posso precisar de um chato desses.

    ResponderExcluir
  10. Os chatos são muito chatos =P
    E seu texto ñ ficou cahto ñ ! =D mto pelo contrario

    Desculpe pelo sumiçO! Bjuus!

    ResponderExcluir
  11. Se preocupe não que vc nos deixou avisados qto ao ser chato...e vc não foi!

    hehehehehe

    =*

    ResponderExcluir
  12. adorei o texto, mas confesso que nao entendi quando tu disse que tem chatos que são legais!? (será que eu to sendo uma dessas fazendo essa pergunta?! :x, enfim..)

    no mais, gostei meeeeesmo!
    embora seja dificil definir o que vem a ser uma chatice, propriamente dita né? (to sendo chata de novo certo? foi mal! shashiauhsuia)
    beijinhos!

    ResponderExcluir
  13. Oieee
    Olha, quando os meus amigos estão me irritando eu não tenho coragem de dizer "cala a boca." ou "espera um pouco. eu não aguento mais falar 'o que foi?'"
    Mas, depois fica tudo bem.

    Eu tenho uma amiga que escreveu um texto sobre pessoas chatas, quer dizer, pessoas que JULGAMOS chatas. Mas ai é diferente do seu!
    Se quiser dar uma olhada:
    www.garagebottom.blogspot.com

    bjs
    fique com Deus


    Visite: Quer um blog com várias idéias? www.anaprofana.blogspot.com
    O blog da Ana Profana!

    ResponderExcluir
  14. seu texto não tá chato :D

    meoo
    chatos deviam morrer
    e eu acho que os chatos virtuais são a pior raça.
    Não adianta ser seco, ficar off, falar que tá ocupada (eu falo mesmo), colocar o status de ausente. Liiitros de semancol neles, por favor.
    Sabe o que mais me mata?
    Aqueles pentelhos infernais que só vem falar pra pedir pra comentar em fotolog ¬¬

    enfim, chega
    senão eu fico chata,
    beijooocas

    ResponderExcluir
  15. Hello
    http://psbtrainer.com/ - purchase valium
    Very small veins should not be selected for injection particularly, intra-arterial injection or extravasation.
    [url=http://psbtrainer.com/]diazepam 10mg[/url]

    The most commonly reported undesirable effects of Valium injection are fatigue, drowsiness and muscle weakness which are dose-related.
    buy cheap valium

    Chronic use (even at therapeutic doses) may lead to the development of physical dependence; discontinuation of the therapy may result in withdrawal or rebound phenomena.

    ResponderExcluir
  16. 8m48 - http://www.avt.net.au viagra 0v57,

    ResponderExcluir

Feedbacks sinceros me interessam. Go ahead!