Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

(3 em 1) O beijo do vampiro, 1 milhão em 1 dia e Um mico bem doce

O beijo do vampiro

O ator Robert Pattinson, o vampiro Edward Cullen do filme Crepúsculo, leiloou um beijo seu para arrecadar fundos para o evento anual do cinema pela Aids, que se realizou durante o Festival de Cannes, na França. O valor do beijo foi US$ 20 mil.
Leiloar um beijo? Que bobagem! Isso não combina em nada com caridade. Com certeza o novo astro teen aproveitou a fama pra aparecer um pouquinho mais de forma totalmente desnecessária, pois holofotes em cima dele é que não vão faltar por um bom tempo. Talvez essa idéia "nada a ver" nem tenha partido dele, mas certamente ele deveria ter tomado uma posição. Que leiloasse uma roupa do figurino do filme, mas um beijo? E na bochecha ainda por cima. Ah não, ele podia ter passado sem essa.


1 MILHÃO em 1 DIA
Imagine ganhar 1 milhão de reais em um promoção cujo regulamento diz que não podemos colocar na poupança o dinheiro pra depois, com calma, decidir como gastá-lo? Imagine que a condição para embolsá-lo seria justamente tirar e…

A bondade fictícia

Recentemente voltei a assistir o seriado global Malhação e, mais uma vez, não me surpreendi com a falta de criatividade do enredo. Mas eu entendo, afinal, o mais-do-mesmo dá audiência. O que acontece é que o triângulo Marina-Luciano-Veridiana me dá nos nervos. É a coisa mais medonha que eu já vi, dentre tantas apresentadas na novela juvenil. É muita coisa fora da casinha, como o fato de a Veridiana morar na mesma casa da Marina, de a vilã se atirar prum cara que não gosta dela só pra provocar a guria, do Luciano não contar da provável doença pra namoradinha não sofrer fazendo ela sofrer mais ainda ficando com a maior rival dela, do mesmo caiçara deixar o caminho livre pro Alex ficar com a Marina mentindo não gostar mais dela e, ainda por cima, o fato de que a "coitadinha" da Veridiana tá com bulimia e a boa samaritana da Marina tá preocupada com a rival. Ai meu Deus, tenha dó! Queridos adolescentes de todo o Brasil, tamanha bondade como a da Marina não existe!!! Assim como nã…

O melhor projeto de lei de todos os tempos...

Um ótimo e-mail que recebi e que eu compartilho com vocês!!

Projeto obriga políticos a matricularem seus filhos em Escolas públicas. Uma idéia muito boa do Senador Cristovam Buarque. Ele apresentou um projeto de lei propondo que todo político eleito (vereador, prefeito, deputado, etc.) seja obrigado a colocar os filhos na escola pública. As conseqüências seriam as melhores possíveis... Quando os políticos se virem obrigados a colocar seus filhos na escola pública, a qualidade do ensino no país irá melhorar. E todos sabem das implicações decorrentes do ensino público que temos no Brasil. SE VOCÊ CONCORDA COM A IDÉIA DO SENADOR, DIVULGUE ESSA MENSAGEM. Ela pode, realmente, mudar a realidade do nosso país. O projeto PASSARÁ, SE HOUVER A PRESSÃO DA OPINIÃO PÚBLICA. http://www.senado.gov.br/sf/atividade/Materia/detalhes.asp?p_cod_mate=82166
PROJETO DE LEI DO SENADO Nº , DE 2007
Determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus filhos e demais dependentes em escolas p…

Difícil missão

Com cabelos verdes feito as folhas das árvores e os olhos azuis feito o oceano, Sopro voa pela Amazônia. Começa a chover; são as lágrimas da menina. Ela sente raiva, ira, angústia, ódio, tristeza; tudo junto. Aqueles homens maus continuam desmatando sua floresta favorita. E, pior ainda, com o consetimento das autoridades. Ela sai dali e sobrevoa a cidade de São Paulo. Mal enxerga de tão cinza que está o céu. As fumaças dos carros destroem cada vez mais sua estrada. Onde se esconde o sol? Saindo dali, ela vai para o nordeste, pois sabe que lá as águas são claras e a beleza natural do Brasil é mais evidente. Triste fica ao ver jovens moçinhas jogando os embrulhos dos picolés na água, assim como as tampas das garrafas ou os côcos cujas águas não matam mais sua sede. Lamenta saber que logo aquele paraíso também será destruído. Marca uma reunião com a Comissão do Meio Ambiente do Mundo, cuja diretor-presidente é São Pedro. Na sede no céu, juntos tomam uma decisão drástica. O mundo tem que …

O mundo dá voltas

NÃO! Definitivamente a gente não manda no nosso coração. Infelizmente! Eu, quando adolescente, sempre me apaixonava pelos guris que eram apaixonados por outras. Alguns gostavam da minha melhor amiga ou da pop da sala. E mesmo assim eu continuava apaixonadinha por eles por mais um verão ou inverno, dependendo de onde eram minhas paixonites (se da praia ou do colégio), mas não deixava de me subapaixonar por outros (gostaram do novo verbo que inventei?) As paixonites da praia costumavam dar mais certo. Tanto que hoje meu namoro é um daqueles que subiu a serra sabe? Mas voltando... o que acontecia é que as minhas paixonites só ficavam a fim de mim uns dois anos depois que eu havia me encantado. E adivinhem só? Depois de tanto tempo eu já não tava mais a fim deles. Eles diziam pras minhas amigas ou pra mim que eu tinha mudado, tava mais bonita e blá blá blá. Engraçado, porque desde os meus 15 anos meus cabelos são crespos, sou magrinha e sem grandes atrativos da moda. Então, diante da falt…

O descobrimento do sexo

Apesar de estarmos vivendo em tempos tão modernos, ainda há quem se envergonhe ao falar de sexo. E não são só adolescentes virgens não! Têm adultos que só de ouvir a palavra enrubescem. Engraçado acontecer isso em uma época em que o sexo é tão banalizado ao nosso redor. Eu sempre fui desavergonhada em se tratando desse assunto. Só não gostava de assistir filmes com cenas de sexo com meus pais do lado, pois tinha a sensação de que eles tinham vergonha por mim. Dá pra entender? Enfim, descobri a palavra na capa da revista Cláudia da minha mãe quando ainda era uma fedelha. E li certo, acreditem. Eu não falei SéXo e sim Séquisso. Ô contradição! Nunca acreditei na história da cegonha. Até porque, nessa mesma fase da minha vida, quando eu acordava de madrugada e ia pro quarto dos meus pais atucanar por falta de sono e de noção, eu sabia que nas vezes em que eles se cobriam com os lençóis não estavam com frio, até porque era verão. Eles se cobriam porque eu tinha interrompido o ato que me t…

Neura de portas entreabertas

Detesto porta entreaberta. Todos (que me rodeiam) sabem disso. E por que, mesmo sabendo, eles insistem em entrarem no meu quarto (sem bater, diga-se de passagem) e ao saírem deixarem ela entreaberta? Por que, Senhor?! Sabe quando a pessoa dá aquela puxadinha de leve na porta com intuito de apenas "encostá-la"? Pra que medir a força pra não fechar se é mais simples puxá-la e fechá-la de vez? Porque eu implico com portas entreabertas eu não sei. Talvez tenha algo a ver com o som que entra mais fácil e me perturba. Ou talvez tenha uma simbologia mais profunda que se relacione diretamente à minha vida que precisa ser explicada a mim por um psicanalista (pena que psicanalistas raramente falam; se falassem seria mais fácil eu descobrir). O meu desabafo aqui, entretanto, não busca uma resposta psicológica pra isso. Até porque, quase sempre, eu mesmo tenho respostas pras minhas dúvidas, só não tenho às soluções pros meus problemas. A matemática da minha vida é complicada mesmo. Minha…

Até a Gripe Suína alimenta o mercado da moda

Esses dias comentei comigo mesma "daqui há pouco vão inventar máscaras fashions pros mexicanos". E não é que inventaram mesmo? Veja mais aqui: http://colunas.galileu.globo.com/blogdagalileu/2009/05/04/mascaras-fashions-contra-a-gripe-suina/

DIA MUNDIAL DA LIBERDADE DE IMPRENSA

Amanhã é Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.


Devemos comemorar a liberdade que conseguimos ao longo dos tempos?


Ou devemos lamentar a liberdade que estamos perdendo mesmo estando nos anos zero-zero?



Será que algum dia fomos realmente livres pra nos expressar?