Pular para o conteúdo principal

Previsão de chuva no molhado.


Antecipando a retrospectiva 2009, posso salientar alguns fatos marcantes como: O primeiro presidente negro foi eleito nos EUA em janeiro e, há pouco, ganhou o Nobel da Paz. O governador de Brasília, Arruda, foi pego escondendo dinheiro nas meias. O presidente Lula aumentou ainda mais sua popularidade e propôs que a corrupção vire crime hediondo. A candidata à presidência, Dilma Rousseff, colocou botox e se curou de um câncer. O Twitter virou a nova mania mundial. Uma estudante de Turismo ficou famosa ao gerar polêmica após ir pra faculdade de vestido curto. Surto de gripe suína se espalhou pelo mundo matando milhares de pessoas. Enchentes desolaram muitas famílias em Santa Catarina. Apagão voltou a acontecer no Brasil. Terremoto atingiu a região central da Itália, provocando mortes e desalojamentos. Airbus caiu no Oceano Atlântico. Caiu o diploma de Jornalismo. E cairam, quer dizer, morreram, Michael Jackson, Lombardi, Herbert Richards, Leila Lopes, Farrah Fawcett, Mara Manzan, Patrick Swayze e mais alguém que não me lembro.

A partir disso, suponho que 2010 não diferirá muito do ano que está terminando. E se for assim, a Mãe Dináh é famosa por muito pouco, porque suas previsões são bem previsíveis. Dando uma de vidente, diria eu que, provavelmente, alguma outra minoria da sociedade se destacará em algum cargo importante. Mulher na presidência? Já foi. Negro? Já foi. Índio? Já foi. Gay? Sim, um gay. Esse ano será vez dos homossexuais. APOIADO! O dinheiro que aparece em cuecas e meias passará para outro lugar bastante incomum nesses novos tempos. Ninguém desconfiará do político que voltar a guardar a grana nos bolsos. Por isso que a nova moda no congresso vai ser o uso de calças saruel com bolsos enormes. Assim haverá espaço suficiente para encher as cuecas caso queiram manter a tradição sem levantar suspeitas. Talvez a Yeda bote botox, porque depois
do stress do governo dela ela está precisando. Outra anônima ou anônimo da sociedade virará celebridade instântanea ao protagonizar alguma ceninha polêmica e rídicula que vai repercurtir na mídia de forma exagerada. Sabe como é, o Brasil é um país de todos e, portanto, os jornais dedicam espaço pra tudo que é "merda", né presidente? A gripe suína voltará, ou será a aviária, ou a de um novo animalzinho, talvez a gripe do burro, a que mais combina com nosso povo, às vezes. A natureza continuará mostrando suas garras com ou sem Copenhagen na história. Outro avião irá cair. Isso já virou rotina. Ou talvez voltemos à era dos barcos que afundam. Será que saímos dessa era? Mais artistas vão morrer, e pessoas comuns também, mas essas não vendem tanto nos jornais, portanto, só renderão uma notinha no obituário, ou nem isso, a não ser que seja uma morte bem trágica que aguce os jornalistas investigativos. E o diploma de Jornalismo? Ah, se esse não voltar, vai ser mais difícil ainda acreditar no que lemos. E a busca pela verdade vai ser tão cansativa que seremos um bando de informados - desinformados. E que assim não seja. Que venha 2010 com tudo de bom que há por vir!

Comentários

  1. AI, que coisa :/ seu texto ficou grandão e destesto textos grandes... mas essa foi exceção! Amei o seu! As figuras deram um toque a mais no texto! shausha

    Beijo :*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Feedbacks sinceros me interessam. Go ahead!

Postagens mais visitadas deste blog

O tempo passa, o tempo voa...

"Não deixe nada pra depois, não deixe o tempo passar. Não deixe nada pra semana que vem, porque semana que vem, pode nem chegar." A Pitty falou tudo né? Quem sabe o dia de amanhã? Deus? Talvez. Não sou exemplo de organização, mas sempre procuro diminuir ao máximo minhas pendências. Só durmo se estou caindo de sono mesmo. Pois se ainda sou capaz de pensar, ainda sou capaz de fazer o que tenho pra fazer. As olheiras que se danem. Nem as disfarço (tenho preguiça).

Carrego sempre comigo um bloquinho de notas (cafonérrimo, a propósito). Nele vão tarefas que tenho que cumprir, trabalhos a fazer, lembretes, dicas de filmes e livros que recebo e, acima de tudo, idéias, muitas idéias. Deixar pra depois faz com que eu fique sobrecarregada, me estresse e acabe desistindo de muitas coisas. Por isso, me dedico muito aos meus "deveres" que eu mesma me imponho e vou riscando eles do bloquinho conforme vou cumprindo-os. Posso ter preguiça de lavar louça, mas meus textos, trabalhos …

Textos para Capricho (2 em 1)

Moda verão...qual a tendência de corpo pra próxima estação?O verão vem chegando e a as academias vão superlotando. Dois meses antes de ir pra praia, guris e gurias vão em busca do corpo perfeito. Meio difícil, pois o corpo perfeito não se atinge em dois meses e, às vezes, nem em anos. Talvez com muito silicone, suplemento, musculação e principalmente dedicação, mas não da noite pro dia. Isso se a moda for ser bombado (a) ou saradérrimo(a), é claro.Cuidado, o conceito de corpo perfeito varia em média a cada cinco anos. Não é só roupa que vira tendência, corpo também. Que tal se um ano após colocar seu silicone a moda vira seios pequenos, como nos tempos em que Cláudia Raia, Adriane Galisteu e Carolina Ferraz eram as tops? Nada muito improvável, afinal, no ano das mulheres samambaias, frutas e por aí vai, gostosas como Juliana Paes e Débora Secco estão investindo na próxima tendência: ser magérrima. Atualmente, estão pesando em torno de 47, 50 quilos. Corpo e moda tem tudo a ver. Ningué…

Entrevista: Carol Teixeira

LOUCA PELA VIDA
“Pessoas mesmo são os loucos, os que são loucos por viver, loucos por falar, loucos por serem salvos (...)”. Essa é uma parte de um poema de Jack Kerouac que Carol Teixeira tem estampado na parede de sua sala. É outra maneira que Carol encontrou de transbordar, como se não bastassem as frases tatuadas em seu corpo, escritas em seu blog e em seus livros. Carol é assim, transparente. Seu corpo, seu jeito, sua casa, seus livros, tudo é ela. A escritora e filósofa de 28 anos é autora dos livros “De Abismos e Vertigens” e “Verdades & Mentiras”. É colunista da Cool Magazine e dos sites http://www.lpm.com.br/ e http://www.queb.com.br/ e editora da nova Revista do Beco. Já escreveu peças de teatro, fez programas de rádio, participou de um reallity show, viajou pelo mundo, foi dona de bar, ama a noite, Nietzche, Caio Fernando Abreu, Fred e, acima de tudo, a vida.
Tu já passaste por três cursos: Jornalismo, Direito e Filosofia. Desististe dos dois primeiros seguindo firme com…