Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

Enfim, meu livro!

Quando comecei com essa minha mania de ficar escrevendo por aí, nunca imaginei que ia dar no que deu - o lançamento do meu primeiro livro -, por mais que eu desejasse isso.

Pois bem, tanto deu certo que, em breve, ele será lançado. Seu nome é "Falso Acaso".
E, como não poderia deixar de ser, vou contar como tudo começou. A ideia de escrever meu primeiro livro surgiu quando eu tinha 10 anos e ainda podia aproveitar meus dois meses de férias em Capão Novo. Como eu ainda era muito criança pra sair à noite, eu ficava escrevendo. Assim, num caderno de espiral cuja capa era um cachorro, escrevi o que, na época, chamei de "meu primeiro livro". A história ocupou o caderno todo, mas ele se perdeu em algum lugar do meu kitnet.
Então, lá pelos meus 16 anos, escrevi a primeira metade do que deveria ser (novamente) "meu primeiro livro". A história tinha um pano de fundo bem parecido com a do “Falso Acaso”, mas sei lá, era superficial, lugar-comum... Certo dia, achei qu…

Crônicas do Carpinejar

Ando sem nada de tempo pra escrever, apesar da enorme quantidade de ideias anotadas por todos os cantos... Mas tenho que agir racionalmente, foco na faculdade, tá terminando... Sendo assim, deixo aqui a dica de dois textos fantásticos que, ao meu ver, se complementam. São do Fabrício Carpinejar (pra mim, a maior revelação da atualidade em se tratando de crônicas, máximas e aforismos). Degustem, assim como eu, ou melhor, lambuzem-se... Bom apetite!

http://carpinejar.blogspot.com/2011/03/o-mais-extremo-odio-com-o-mais-extremo.html
http://carpinejar.blogspot.com/2011/03/depois-de-muito-amor.html